quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Joyce Ribeiro Será Mediadora do Debate na TV Aparecida


Para comandar o debate entre os candidatos à Presidência da República para as Eleições 2018, a TV Aparecida convidou a experiente e competente jornalista Joyce Ribeiro. Promovido pela CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil ) e realizado pelo Santuário Nacional, o programa vai ao ar na TV Aparecida, Rádio Aparecida e Portal A12.com, no dia 20 de setembro, às 21h30. A transmissão, ao vivo, do Debate de Aparecida, direto do Santuário Nacional, na cidade de Aparecida-SP, será acompanhada por demais emissoras de inspiração católica no país e pela TV Cultura.
“É a primeira vez que participo de um debate como mediadora e estou muito feliz com a missão e o desafio. As pessoas estão, cada vez mais, interessadas em se aprofundar sobre o nosso cenário político, por conta de tudo o que temos vivido. Com a eleição batendo a porta, o eleitor entendeu que o poder está em nossas mãos, que mudar depende de cada um e o voto é o começo do processo de transformação. O debate é importante e peça fundamental, pois tem a função de esclarecer para população o que cada candidato oferece para essa mudança”, avalia Joyce Ribeiro.
A jornalista foi gentilmente cedida para participação no debate político pela TV Cultura, onde atua como principal âncora de um telejornalismo da casa. Sobre a liberação, a jornalista explica que tudo partiu da parceria entre a CNBB, a Rede Aparecida e o canal público, que também irá transmitir simultaneamente o Debate de Aparecida: “Faremos um trabalho em conjunto. Desde o início, o convite foi muito bem recebido pela direção da TV Cultura. Estamos unindo forças para levar o melhor debate aos eleitores”, destaca a jornalista.
Dividido em cinco blocos, o Debate de Aparecida com candidatos à Presidência da República, em primeiro turno, tem previsão de duração de 2 horas. Joyce Ribeiro terá o papel de orientar, mediar e fazer valer as regras estipuladas dentro do formato do programa. Algumas perguntas apresentadas aos políticos serão sorteadas, outras feitas por bispos da CNBB e jornalistas previamente escolhidos, e algumas entre os próprios candidatos. Réplicas e tréplicas serão permitidas em alguns momentos.
Para Joyce, o principal intuito do Debate, com transmissão da Rede Aparecida, mídias católicas e TV Cultura, é esclarecer as dúvidas dos eleitores: “O formato atual dos debates já vem muito específico e moldado para que todos os candidatos presentes tenham garantido seu tempo de exposição de ideias e propostas. Faremos todo o necessário para que isso ocorra da melhor maneira. Todos serão respeitados dentro das suas particularidades”.
O debate da TV Aparecida terá cinco blocos. No primeiro, o mediador fará a abertura, discorrendo sobre as emissoras que estão transmitindo. Em seguida, vai citar os nomes dos candidatos que estão presentes e os que não compareceram ao encontro. Na sequência, o GC (Gerador de Caracteres) cita os nomes dos outros candidatos sem representação na Câmara dos Deputados e que não participarão do debate. A primeira pergunta – destinada a todos os candidatos, que terão 2 minutos –será feita por um arcebispo designado pela presidência da CNBB.
No segundo bloco será aberta a possibilidade de confronto direto entre os candidatos, com tema livre. O mediador vai sortear o candidato que irá perguntar e o outro que responderá. A pergunta deverá ser feita em até 30 segundos, com resposta em 2 minutos, réplica em 1 minuto e meio e tréplica em 1 minuto.
No terceiro bloco, as perguntas serão feitas pelos jornalistas presentes, que serão pré-agendados pela direção da Rede Aparecida de Comunicação. Os temas serão definidos previamente e as perguntas pré-definidas pela organização do debate. Será feito um sorteio na hora para definir qual candidato irá responder, no tempo máximo de dois minutos.
No quarto bloco, será aberta a possibilidade de confronto direto entre os candidatos, com tema livre. O mediador fará o sorteio do candidato que irá perguntar e de outro para responder. A pergunta deverá ser feita em até 30 segundos, com resposta em dois minutos, réplica em 1 minuto e 30 segundos e tréplica em 1 minuto.

Um debate como este este certamente elevará a audiência das emissoras envolvidas, TV Cultura e TV Aparecida, a questão é: Onde estão as outras emissoras católicas? porque Rede Vida e TV Século 21 não farão a retransmissão? É um momento social e político da vida dos brasileiros que as TV´s Católicas não podem deixar de fora de sua programação. Cada uma poderia, a exemplo da TV Cultura fazer uma sabatina em seus programas com os candidatos! 


Nenhum comentário:

Postar um comentário